SALVE O DIA 13 DE MAIO !


pv

 

Os mares ainda estão cheios dos cânticos e lamentos de dias tenebrosos. A Calunga Grande foi a última morada que acolheu milhares de irmãos em Humanidade, quando no corpo físico com a veste carnal africana, que significava prova, resgate, o mais pesado tributo sobre a alma humana, a perda da Liberdade.

Os navios negreiros ainda vagueiam como fantasmas, singrando os mares, mas os espíritos que lhes habitavam há muito estão em novas moradas. Estão no Astral Superior, pois foram agraciados por sua coragem, resistência, resignação, sabedoria. Lhes foi permitido habitar em Aruanda e levar sua Magia, sua Maestria com as ervas, sua fala cadenciada e principalmente , manifestar-se entre nós para nos trazer suas palavras de carinho, Fé, aconselhamento, alertas, nos protegendo, nos amparando, nos sustentando nos vendavais da existência.

pv2

Pretos e Pretas velhos, trazendo-nos raízes da Angola, Congo, Guiné, vindo em seus passos cadenciados com seus banquinhos, tocos, cachimbos, patuás, velas, cruzes, suas baforadas, sua risada tranquila, como toda a tranquilidade ensinada quando está presente.

Misturam o Amor e a Alegria, às lagrimas de seu último sofrimento na Terra. Recordam-se como ninguém do que o homem é capaz, e lutam para que não haja mais escravidão no coração de ninguém, sempre prontos a ensinar e aconselhar.

Desmancham toda e qualquer demanda, estão ao nosso lado, seja para o que for, se alegram conosco em nossas vitórias, se entristecem quando não conseguimos êxito, mas sempre estão prontos a nos abraçar e acalentar. Quando seus filhos estão muito atarantados, dão broncas e alertas, deixam claro quando há erro e desvio de conduta moral. Mas também avisam se há algo com quem se precaver, em relação a determinado fato, ou pessoa.

Surgem diante nossos olhos espirituais, tão logo pedimos seu auxílio com sinceridade e Fé no coração, e nunca nos deixam sem depositar na alma uma palavra de alento e esclarecimento, não permitindo que caiamos novamente nos abismos da incerteza e dor. Sua presença amiga nos facilita a confidência, a palavra sofrida, permite expressarmos nossa angústia e dor

Queridos pretos e pretas velhos, Saravá à Sua Banda. Que as Sete Linhas Poderosas da Umbanda lhe deem muita Luz, Harmonia, Força e Paz e que prossigam, iluminando os filhos de Fé, que tanto necessitam de suas palavras, seu alento e proteção. Que possamos aprender convosco, o segredo da magia da transmutação do fel da Tristeza e Mágoa, no Ouro da Alegria, Suavidade e Puro Amor.

Salve o seu dia, Salve a Misericórdia Divina, manifesta através da Sua Luz!

Adorei as Almas!

Alex de Oxóssi
Rio Bonito – RJ