OS QUE DEIXAM MARCAS DE BONDADE


Algumas pessoas vêm ao mundo e deixam suas marcas.

A marca da caridade, contudo, é privilégio daqueles que carregam muito amor no coração e se dedicam ao semelhante

Mahtma Gandi e Madre Tereza de Calcutá são alguns exemplos no exterior

Irmã Dulce, Zilda Arns e Chico Xavier são alguns exemplos brasileiros. Viveram integralmente voltados para a caridade.

Para eles, bom não foi serem importantes. O importante foi serem bons

No próximo dia 5 de abril, às 18h, a Assembléia Legislativa estará realizando uma sessão solene em homenagem ao centenário de Chico Xavier. Estará presente o diretor Daniel Filho e parte do elenco de “Chico Xavier, o filme”

Além de Daniel Filho, estarão presentes, entre outros, os atores que interpretam Chico Xavier: Nelson Xavier, que interpreta Chico Xavier no período 1969/1975, Angelo Antonio (1931/1959) e Matheus Costa (1918/1922)

Não é uma solenidade de caráter religioso, doutrinário. É uma homenagem aos brasileiros – muitos anônimos – que nascem determinados a se doarem integralmente ao próximo.

Todos são bem-vindos!

Com o abraço fraterno do

ÁTILA NUNES

FICHA TÉCNICA:

Produção: Lereby
Produção e Direção: Daniel Filho
Produção Executiva: Julio Uchôa
Diretora Assistente: Cris D’Amato
Montagem: Diana Vasconcellos, ABC
Música: Egberto Gismonti
Fotografia: Nonato Estrela, ABC
Roteiro: Marcos Bernstein, AC – baseado na obra “As Vidas de Chico Xavier”, do jornalista Marcel Souto Maior.
Direção de Arte: Claudio Amaral Peixoto
Figurino: Bia Salgado
Maquiagem: Rose Verçosa
Som Direto: Carlos Alberto Lopes
Desenho de Som: Simone Petrillo
Mixagem: Branko Neskov, Cas
Produtores Associados: Bruno Wainer, Eduardo Girão
Efeitos Especiais: O2 Pós Produções, Laboratório Technicolor Creative Services, Labo Cine do Brasil
Co-Produção: Globo Filmes e Estação da Luz
Distribuição: Columbia/Sony Pictures, Downtown Filmes