Elevação e proteção do ser


001

Texto escrito por: Paulo Lourenço “Ramiro de Kali”

O ser humano possui naturalmente além do corpo físico (material), pelo menos mais seis corpos, sendo eles, o corpo áurico, telúrico ou duplo etérico, astral, emocional inferior, e emocional superior, totalizando sete corpos, sendo que cada um por si possui também sete camadas de proteção.

Em relação ao corpo áurico, sabe-se que quanto maior a sua energia vital, maior será a proteção contra invasão de energias negativas de qualquer tipo, resultantes de magias negras, encantamentos, obsessores, inveja, ciúme, ódio, etc.

Quando uma pessoa se encontra enfraquecida em consequência de uma depressão, seja ela resultante de qualquer tipo de problema emocional, mental, espiritual ou mesmo material, os campos magnéticos e energéticos que envolvem os seus corpos, ficam com menos força vital. O que se traduz numa menor proteção dos corpos vibracionais, permitindo a entrada de energias negativas, enfraquecendo por consequência o sistema imunológico, permitindo assim condições favoráveis para que a doença se instale.

Por isso, é de extrema importância a sintonização emocional de cada pessoa. Ou seja, pela lei das afinidades, ou mesmo falando em ressonância energética, ou mesmo magnética como chamam alguns, a pessoa que entra em baixos padrões de energia, acaba por atrair também campos de energias negativas e obsessores que se vão alimentando do seu ectoplasma, e vai perdendo assim a proteção de suas camadas áuricas. Portanto quanto melhor for o estado anímico e energético de uma pessoa, mais difícil é a energia negativa afetá-la, mesmo sendo resultante de algum trabalho de magia negra contra essa pessoa.

O corpo humano é o templo de cada um, e por isso, cada um é responsável pelo seu corpo, e tem a obrigação de o cuidar e manter o mais saudável possível, de forma a que possa concluir a sua missão aqui na terra com êxito.

Quando uma pessoa entra em contacto com o mundo oculto da espiritualidade e do magismo, seu campo áurico entra em contacto com novas energias que envolvem essa nova realidade. Com o tempo, essa pessoa começa a enxergar a vida de uma forma diferente, e o seu comportamento perante a sociedade acaba também por mudar. Os conhecimentos obtidos em outras jornadas encarnacionais, e os que vai aprendendo nesta, fazem de cada pessoa um universo próprio. E sem se aperceber, todos os conhecimentos vão-se misturando, e a sua intuição começa a manifestar-se de uma forma natural e instintiva, permitindo assim uma liberdade de expressão sem limites.
Mas cada um tem a sua própria responsabilidade, e neste caso é enorme.

Há necessidade de cada um meditar bem no caminho a seguir, de forma a se libertar de seu carma negativo acumulado, ao invés de o aumentar ainda mais. Cada um responde por si, no encontro com o Conselho Cármico que alguns tanto temem.

Existem diversas técnicas para regenerar e cuidar da protecção dos corpos subtis e das camadas do corpo áurico, tais como: os mantras, os merkabah, a meditação, o reiki, a radiestesia, rituais espirituais (na linha da luz), etc.

Estas técnicas e métodos, permitem que cada um dos chacras de cada pessoa, seja regenerado e colocado em posição de rotação positiva e repulsão de energias negativas, o que faz com que cada camada vibracional seja gradualmente regenerada e aumentado o seu nível energético.

É também necessário elevar a níveis superiores, os padrões de energia mental, o cultivo de bons sentimentos, o reto viver, o pensar racional. Isto não é nunca um processo fácil, e exige de cada um, um enorme esforço, pois por vezes tem de se transmutar dependências do passado que são complicadas, e envolvem sequelas cármicas com muitas pessoas, normalmente dos próprios familiares com que se convive.

A transmutação dos sentimentos é de extrema importância, pois a pessoa com maus sentimentos, além de afetar os outros, corrói-se a si própria numa espiral descendente de energia negativa, criando novos carmas negativos, e atraindo um sem fim de obsessores que a vão vampirizando e drenando a sua energia, podendo também gerar o inicio de todo o tipo de doenças.

Especialmente, o ódio e a inveja, são energias negativas muito fortes. São energias que corrompem e perfuram as camadas subtis de cada corpo subtil, podendo chegar ao corpo físico e criar uma disfunção que pode vir a gerar uma doença.

A força dessas energias é proporcional á capacidade mental de quem as projeta. No caso de ser uma pessoa com conhecimentos da espiritualidade e ligada a magias negras, pode muito bem ser letal.

A inveja e o ódio (sem esquecer o ciúme) são dos mais potentes causadores de problemas de relacionamento humano. São delitos graves, pois afastam cada um dos planos superiores, e do caminho da evolução e ascensão. São sentimentos que precisam de ser prioritariamente trabalhados e eliminados definitivamente, pois atrapalham a vida das pessoas, e quem os emite, entra em padrões e realidades muito negativas, e geralmente acaba por ficar aprisionado nessas realidades, sendo muito difícil de conseguir depois sair. Na maior parte das vezes, só com a ajuda e amor de quem tem conhecimento, é que a pessoa em questão consegue modificar esses sentimentos, e ter consciência do padrão negativo em que estava.

Até mesmo nos centros espíritas, terreiros de umbanda, candomblé, ordens esotéricas e afins, existem esses sentimentos entre os ditos discípulos da busca da espiritualidade, gerando conflitos e competividade dentro das diversas etapas do aprendizado, que acabam por atrasar a evolução de cada um. Muitas vezes aparentemente parecem pessoas amigas, mas atacam-se mutuamente em silêncio.

Toda a energia que qualquer ser emite sempre retornará a ele, da mesma forma que nós, seres energéticos que somos projetados pelo Criador, teremos de um dia retornar a ele.

Cada ser tem de procurar em si próprio a sua verdadeira identidade, transmutar o seu intimo negativo, e elevar o seu padrão de energia vibracional. O mundo é um emaranhado energético, e quanto mais puro e luminoso estiver cada ser, mais proteção e defesa terá na lida diária com as baixas vibrações, ataques de obsessores e energias  negativas mentais, espirituais ou magisticas.

Texto escrito por: Paulo Lourenço “Ramiro de Kali”