Pomba-Giras




Pomba-Giras

Na Umbanda as Pomba-Giras representam o lado feminino de Exu, a espontaneidade da mulher na sua essência: feminilidade, fertilidade, sensualidade e sedução.
Gostam de ser bem tratadas, mas nunca se vendem.
Vaidosas, gostam de exibir suas vestes e pertences nas Festas de Exu onde dançam graciosamente, conduzindo a todos que assistem, a um clima de descontração e alegria. Desta forma, conseguem realizar uma grande confraternização entre homens e Entidades que refletem nossas necessidades, vícios e defeitos. Nada se compara à grande capacidade que tem as Pomba-Giras em ajudar aos fiéis através desses atributos que a colocam bem próximas da natureza humana.
Foram, na sua maioria, mulheres comuns e anônimas. Pelo fato de contrariarem normas e costumes da época,tiveram que sobreviver às custas do próprio trabalho: muitas foram trabalhar em cabarés; outras ganhavam a vida lendo a sorte; ou ainda aquelas que fizeram da dança um meio de vida.
Sabe-se também de Pomba-Giras que ocuparam lugar de destaque na sociedade: rainhas, princesas, condessas, etc. sempre mulheres de personalidade marcante e fies aos seus propósitos.
Acredita-se que as grandes conquistas das mulheres de hoje, deu-se graças à luta e determinação dessas mulheres que se manisfestam nos Terreiros de Umbanda na condição de Pomba-Giras.
É muito importante distinguir as Pomba-Giras das Quiumbas. A primeira tem um compromisso moral e espiritual com a religião, enquanto a segunda, ainda não consegue discernir entre o bem e o mal, se prestando a qualquer tipo de magia.
As Pomba-Giras auxiliam seus fies nos casos de amor, dificuldades financeiras e sociais e de um jeito muito peculiar, aconselham e ajudam na solução desses e outros problemas.
Todo médium de Umbanda tem a sua Pomba-Gira que o acompanha na atual existência.trabalham ativamente pela evolução moral e espiritual daqueles que as tratam comdedicação e respeito.

Gostam de ganhar perfumes, cigarros, cigarrilhas, pulseiras, champanhes,licores, brincos e tudo mais que exalte a beleza e o poder de sedução da mulher.
Suas cores são o preto e o vermelho, simbolizando o equilíbrio entre o positivo e o negativo, mas, gostam também de roupas coloridas e estampadas. Tudo depende da linha que Elas trabalham.
Adoram flores, mas tem pela rosa vermelha a predileção, graças ao fato desta flor representar paixão e audácia.
Diferente dos Exus do Candomblé, a Pomba-Gira é uma Entidade genuinamente brasileira.

(I.C.U.C.7.P)

O mistério Pomba-Gira é regido por uma divindade cósmica que tanto gera quanto irradia o fator desejo.

Saibam que esses fatores, vigor (Exu) e desejo (Pomba-Gira), se completam e criam as condições ideais para que a Umbanda tenham seus recursos mágicos e cármicos, também eles, atuando através de linhas de força horizontais ou inclinadas, e dispensa a ativação direta dos Tronos Cósmicos ou dos aspectos negativos dos regentes das linhas de Umbanda.

Saibam também que nem Exu natural nem Pomba-Gira Natural seguem a mesma linha de direção evolutiva dos espíritos, pois eles seguem outra orientação e direcionamento.

Pomba-Gira natural é um ser cuja presença desperta o desejo, porque é irradiadora natural desse fator divino. Só que esse fator não se limita ao sexo, e destina-se a todos os sentidos da vida, pois só desejando, um ser empreende alguma coisa ou toma alguma iniciativa em algum sentido.

Portanto, o desejo, é um fator divino fundamental em nossa vida, pois nós o absorvemos por todos os setes chacras principais e também pelos secundários.

O desejo só existe porque Deus assim quis e ele não se manifesta só através do sexo, pois sentimos o desejo de aprender, de viajar, de conversar, de nos divertir, de comer determinado alimento ou de vestir determinada roupa, etc.

O mistério Pomba-Gira se manifesta na Umbanda através de seres naturais ou de espíritos incorporados às suas hierarquias ativas, pois são elementos mágicos que podem ser ativados por qualquer pessoa, desde que o faça dentro de um ritual codificado como correto pelo Ritual de Umbanda Sagrada, assim como são agentes cármicas, pois podem ser ativadas pela Lei Maior.

O mistério Pomba-Gira é em si neutro, e pode ser ativada com oferenda ritual, pois é elemento mágico, assim como pode ser ativada pela Lei Maior porque é agente cármica, esgotadora de emocionais apassionados ou despertadora de desejo em seres apáticos.

Entendam que Deus criou tudo, também gerou o desejo como uma de suas qualidades ou fatores, pois sem vibrarmos o desejo, nada desejaremos e nos tornaremos apáticos, desinteressados e nos paralisaremos.

Logo, Deus, que tudo sabe, cuidou deste aspecto de nossa vida e gerou o desejo como um de seus fatores, assim como gerou uma divindade cósmica que tanto o gera como o irradia a tudo e a todos.

Essa divindade de Deus também formou sua hierarquia divina, que chega até nós no nosso nível terra como as exuberantes Pomba-Giras, que são regidas por um Trono Cósmico feminino cujo nome mântrico é Ma-hor-iim-yê, ou Mahór yê, Senhora Guardiã dos Mistérios do desejo, que polariza horizontalmente com o Trono Cósmico Guardião dos Mistérios do Vigor.

Logo Pomba-Gira polariza com Exu. E o desejo, unindo-se com o vigor, cria nos seres as condições ideais que os ativarão em todos os sentidos e os induzirão a assumir com vigor e paixão as empreitadas mais temerárias.]

Mas, caso sejam ativados e usados indevidamente, ai perdem suas grandezas e se tornam paixões devastadoras e vigores atormentadores para quem der uso a eles, pois são em si mistérios, e, como tal, voltam-se contra quem lhes der mau uso. Aí subjugam essa pessoa, induzem-na aos maiores destinos e aberrações até lançá-la num tormento alucinante, delirante e bestificante, cuja finalidade é levá-la à loucura em todos os sentidos.

Saibam que muitas pessoas que abandonaram a Umbanda e o Candomblé e, todos confusos, atrapalhados e perseguidos por hordas de espíritos obsessores, estão entre as que achavam que Pomba-Gira e Exu eram seus escravos e os atenderiam inconseqüentemente.

Mas como começaram a pagar o preço ainda aqui, correram para o abrigo das seitas salvacionistas, e dali se voltam contra estes mistérios cósmicos, acusando-os de “demônios”.

Pomba-Gira não se auto ativa contra ninguém, ou alguém a ativa ou isso quem faz é a Lei Maior.

E tanto pode ser ativada para ajudar quanto para esgotar o desejo em todos os sentidos da vida de uma pessoa, quanto só num sentido onde está se excedendo e se desviando de sua evolução reta e contínua.

Não foi aberto para a dimensão material o mistério Exu feminino. Logo, quem descreve Pomba-Gira como Exu fêmea não sabe nada sobre este outro mistério da Umbanda.

UMBANDA SAGRADA – Rubens Saraceni.

11 ideias sobre “Pomba-Giras

  1. rulian

    Meu, só de ler esta página já ví estou bem mal…Rubão, sua explicação sobre como o desejo e o vigor são ativados abriu minha cabeça para um monte de besteira que eu pensava e pior…constatei que devo estar em débito com as entidades….abraços simbólicos hahaha e parabéns pelo seu conhecimento!!

  2. Julia Moreira

    Ola eu gostaria de saber a hstoria da Pombogira rosa vermelha que deu origem a falange das Pombogiras rosa Vermelha… Porque eu sei a histria da minha rosa vermelha e gostaria de conhceer a histria d da primeira rosa vermelha a que deu origem a essa falange… Se voce puderme informar ficarei agradecida…

    RESPOSTA:

    Leia o texto: APRENDENDO SOBRE SEU GUIA (clique)

Os comentários estão desativados.