Choro da Estrela


Estava Deus a caminhar sossegadamente pelo universo…
Contemplava sua criação e, aproveitando o passeio, verificava se tudo estava correndo bem.
Em certo ponto de sua caminhada, deparou-se com uma de suas estrelas, num choro convulsivo…
A pobre estrela, aos prantos, declarou: – Sabe, meu Pai… não consigo achar uma razão para a minha existência…
O sol fornece calor, luz e energia às pessoas…
As estrelas cadentes incentivam paixões e sonhos…
Os cometas, geram dúvidas e mistérios…
E eu, aqui… parada…
Quando Deus ia dar explicações à estrela, foi interrompido por uma voz que vinha de longe…
Era uma criança, pequena, que caminhava com sua mãe, em um dos planetas da região.
A criança dizia à sua mãe:
– Veja mamãe! O dia já vai nascer!
A mãe ficou meio confusa… Como podia ele saber que o sol já nasceria, se ainda estava tão escuro?
– Como você sabe disso, meu filho?
– Veja aquela estrela! Papai me disse que ela anuncia o novo dia.
Ela sempre aparece pouco antes do sol, e aponta o lugar de onde o sol vai sair…
Ouvindo aquilo, a estrela ficou emocionada…
E Deus então falou:
– Sabes agora o motivo de tua existência? Tudo o que criei, fiz por alguma razão.
És a estrela que anuncia o novo dia. E com o novo dia, renovam-se as esperanças, os sonhos…
Serves, também, para orientar os homens. Ao te ver, sabem que não estão perdidos, sabem qual o seu destino.A estrela sentiu uma alegria celestial invadindo sua vida, e a partir de então, ela brilhou cada vez mais.
Porque sabia que era importante e indispensável ao ciclo da vida.
Todos nós temos uma razão para estarmos aqui…
Mesmo se não soubermos qual é exatamente esta razão, devemos viver a vida intensamente, semeando amor e espalhando alegria…
E estaremos iluminando nossas próprias vidas.

A.D.